Diário de Bordo - Parte 1

Parte 1 - 24 horas em Paris! 
Depois de tanto rodar, finalmente chegamos em Paris! O relógio local marcava 9h40 (1h a mais que Portugal) quando o avião aterrou no aeroporto de Beauvais (Bôvé, em francês). Parecia um sonho, já que desde sempre eu andava louca para conhecer a França ou, pelo menos, Paris. Ai, que sensação boa! Ficamos numa "eletricidade" sem medidas, a ponto de dar choque. Era um chiliquinho (como eu lembrava da minha amiga Joana...) atrás do outro. Vi poesia em tudo que estava ao meu redor (sei lá, mas Paris deixa a gente com o espírito poético...)!
De Beauvais ao centro de Paris, foi outra caminhada que parecia a mais longa de todas. E dá-lhe mais 70km de ônibus! O trânsito nas imediações da cidade é bem caótico, com filas intermináveis e muita lentidão. Mas como estava acostumada, nem custou tanto assim (chega logoooo). 1h50m depois, eis que começo a avistar aquela torre linda e tão familiar. É a Torre Eiffel! É ela, é ela!!! Só não foi mico total porque eu falei baixinho, heheheheh. Despertei totalmente! Comecei observar aquela atmosfera invernal... As cores das folhas das árvores eram lindas! Nossa, pensei, vou conseguir lindas paletas de cores para a Pop Paper Box, afinal, viagem à trabalho é assim mesmo. Você passeia, diverte, mas não dá para deixar de prestar atenção nos mínimos detalhes.
Agora é verdade: meio dia, área central da Cidade Luz (e depois vou explico o termo) e nós em direção ao metrô. Queríamos ficar livres das mochilas para aproveitar as 24 horas destinadas a Paris (claro que foi muito pouco tempo, mas valeu a pena). A estação estava bem perto do lugar onde paramos, então, foi muito fácil encontrar. Na entrada, enfrentamos uma fila enorme para comprar os bilhetes (vale transporte) numa máquina e aí sim, entramos para procurar informações sobre como chegar ao hotel. Fomos ao balcão de informações e, para a nossa surpresa, o pessoal foi muito educado. Nos explicaram tudinho, nos deram um mapa da cidade e ainda imprimiram numa folha qual a linha que teríamos que pegar, qual a estação descer e quanto tempo iríamos gastar da estação ao hotel indo a pé. Não foi legal? E chegamos ao nosso destino sem erros e sem voltas, acreditam? Mesmo sendo um lugar desconhecido, vimos que uma informação bem dada é fundamental. Pronto, estávamos no hotel, super ansiosas e mortas de fome, para fazer o check-in, mas ainda tivemos um contratempo, acreditam? Affff... Vou falar sobre isso num outro post com dicas, mas o importante é que ficou tudo resolvido e, finalmente, fomos procurar um lugar para comer. Já era quase 15h e a fraqueza já dava sinal...
Primeiros sinais de "tou chegando", uhuuuuuuu! 
Umas das várias pontes sobre o Rio Sena - já estamos dentro de Paris

Z e eu dentro do Centro de Congressos de Paris. Enfim, uma cadeira! Ah, mas  tínhamos que  apresentar a  Pop Paper Box para os franceses, claro!

Eu, concentrada tentando encontrar sei lá o quê... Minha amiga disse que eu estava  muitooo aérea. Será ? Eu?
Vou mostrar a comidinha no próximo post, ok?


Bjos e abraços apertados


Jaque

4 comentários:

  1. Gente, a viagem apenas começou e eu estou eufórica querendo saber de tudo !!!!

    ResponderExcluir
  2. oi gostaria de fazer um orçamento para identidade visual.

    ResponderExcluir
  3. Adoro!!! quero ler todos os posts...beijos

    ResponderExcluir
  4. Daia, a viagem foi tudo de maravilhoso. Acompanhe todos os posts, ok? Ainda falta Veneza e Roma.

    Oi Náthali, vamos responder sua solicitação por e-mail, ok?

    Su, obrigada por passar sempre pela Pop. Vamos postando a viagem por partes, viu?

    Mil bjos para todas

    Jaque e Jo
    Bjusss

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Pop Paper Box © | Projeto desenvolvido por Erica Moraes | Todos os direitos reservados | Melhor Visualização no Google Chrome | Ir para o topo!